BlogBlogs.Com.Br

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Soneto do esquecimento

Há muito tempo, já não sei mais quem tu és.
Esqueci teu nome!
Já controlo a minha fome,
Que me levava aos teus pés.

Tua vida já não é mais minha,
Teus feitos já não me atormentam mais,
Nem teus meios, teus inícios, teus finais.
Nem a estrada por onde tua solidão caminha.

E assim havemos de ser:
Solidão, liberdade,
E apenas os restos dos sonhos da nossa mocidade.

Mas se eu me esquecesse de te esquecer
Por um só dia,
Tenho certeza, enlouqueceria.

Foto por: Tuane Eggers

9 comentários:

Nova Quahog disse...

E ISSO?
TU Q FAZ?
PARABÉNS!

Diego disse...

Adorei *-*
Muito bom mesmo. Parabéns!!

Vi disse...

o esforço pra lembrar e a vontade de esquecer.

Lucas disse...

Talentoso como sempre, só falta alguém de te descobrir! ;D
O que não vai acontecer ai em Guaporé! HAUHUAHAUHUAAHUU :P

Gah Zago disse...

ADOREII!!!!

lindoo *-*-*-*

chorei akee =')

AUHASUHSAUHHUAUSHHAUSAUHAUHHAS

Jean MIchel Valandro disse...

Pois é...

bem complicado esse negócio de paixões mal resolvidas; dá um baita pano pra manga!!

Escreveu TUDO!!
Giga hugs ^^

/sartori.vinicius disse...

Caraaa, mto boom! Quando tu lançares teu livro vou ser o primeiro da fila lá, pra ganhar o primeiro livro autografado ein!
Adorei a 3ª estrofe, mto boa mesmo.
Parabéns Léo :D

Anônimo disse...

Muito bonito!
PARABÉNS

Astréia disse...

Olá Leonardo!Não lembro se já te avisei...

Tem um selo no meu blog para vc.

Fique a vontade para postá-lo ou não, mas pelo menos passa lá para agradecer,rs. Sim,de preferência no post do selo,ok

Postar um comentário