BlogBlogs.Com.Br

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Soneto Renovado


É chegada a hora de viver de verdade;
Tempo para beber direto da fonte,
Sem espaços para remoer o passado,
Nem o futuro que talvez nunca chegue.

Agora, quero mesmo é um amor renovado!
Que me entenda e saiba ler as entrelinhas,
A palavra escondida; a verdade não dita,
Neste caleidoscópio onde nada é o que parece ser.

Quero muito mais do que um sonho para buscar,
A possibilidade de um dia alcança-lo!
Correr intensamente! O frescor do vendo batendo no rosto!

Quero três anos em um,
E ter de volta todo o tempo que gastei em vão.
Quero mesmo é o inédito cheiro da placenta.

Foto por: Tuane Eggers

6 comentários:

Wanessa Lins disse...

Que belo texto! Parabéns! A foto tb um amor (:

Parabéns pelo blog! Sucesso viu

;**

Beijos

http://wanessalins.blogspot.com

Jean MIchel Valandro disse...

os amores que leem as entrelinhas sempre são os melhores XD

Pena que estão se tornando quase que extintos, né??

Ótimo soneto!!!
Congrats. ^.^

Alcíone disse...

Que lindo soneto, meu querido!

Reh *-* disse...

Lindo texto!!! ^^

Continue assim, seu blog tá 10!!!

*seguindo* ;)

Rosangela A. Santos disse...

Lindo .. adorei cada palavra .. muito bem escrito, com sentimentos ..

Abç.

Pâmella Ferrari disse...

a garotinha da foto é tão linda, passa uma paz.. Adorei o seu blog, muito bonito, e com textos bem legais.

Até mais.

Postar um comentário